Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll #2

AVISO: Finalmente chegou o dia de sair a resenha sobre Alice no país das maravilhas no Horda de Livros na verdade está resenha estava pronta a tempo mas eu estava meio ocupada.
Alice no país das maravilhas foi publicado no ano de 1865 e tem mais de 150 anos de publicação, na verdade foi escrito no ano de 1864 pelo Charles Lutwidge Dodgson para sua filha chamada Alice que foi um tanto quanto uma inspiração. E na verdade ele contou está história para sua filha numa viagem que faziam no ano de 1862 e só dois anos depois a pedidos regulares de sua filha que ele decidiu fazer um manuscrito de Alice no país das maravilhas. Charles gostava do anonimato não suportava o fato de ser conhecido por todos e um tanto quanto incomodado, então foi ai que ele deu origem ao o nome fictício Lewis Carroll.
Em todo o mundo milhões de pessoas conhecem a história de Alice no país das maravilhas que se tornou um clássico que fez parte da infância de muitos tanto nos livros como nos desenhos e filmes.
A história começa quando Alice está na beira de um rio com suas irmãs conversando e num instante passa um coelho branco com um relógio na mão super apressado sussurando “estou atrasado, estou atrasado” e Alice muito curiosa decidiu segui-ló até que ele desaparece numa toca e a menina decide ir atrás quando em um segundo para outro cai em uma toca profunda que parecia não ter mais fim mas ao chegar ao final dela Alice se depara ao um mundo completamente diferente do nosso se tornando até mesmo fantástico.
Chegando lá ela encontra animais que falam e que são bem nervosinhos, ela encontra uma lagarta filosofa, um gato risonho, um chapeleiro maluco que não para de tomar chá com a Lebre de março e também uma rainha que tem um gosto peculiar em querer mandar cortar a cabeça de todos que passam na sua frente.
E diante de tudo isso Alice se questiona sobre muitas coisas principalmente sobre estar pirando e sobre oque é verdade e oque não é, como ela ainda é criança ela não tem muito senso de realismo digamos assim, mas apesar de tudo se mostra firme em passar por todas as aventuras malucas impostas sobre ela e com muita coragem a história se torna maravilhosa a todo tipo de público.
Pra quem nunca leu por favor corra e vá ler porque você está perdendo um grande clássico digamos que uma relíquia da literatura e também indico você pesquisar sobre a vida do Lewis Carroll pra ter uma noção sobre algumas coisas.
Super indico está leitura e pra quem não sabe, comecei recentemente com uma meta de ler um livro por semana está dando super certo tirando o fato que sai de férias e atrapalhou um pouco meus horários mas semana que vem já começo com as leituras certinhas recentemente estou terminando de ler “O vendedor de sonhos” que séra a próxima resenha do Blog e do Canal então aguardem ansiosos e se inscrevam no canal e no blog.
BOA LEITURA!

Comentários

Postagens mais visitadas